Late_Diagnosis_large

5 Fatos Que Todos Devem Saber Sobre O Câncer De Ovário

 
Fato 1: Todas as mulheres correm o perigo de ter câncer de ovário.

Sendo diagnosticado anualmente em quase 250.000 mulheres em todo o mundo, o câncer de ovário é responsável por 140.000 óbitos por ano. Ao contrário de outros cânceres, os países desenvolvidos e em desenvolvimento são igualmente afetados pela doença. É importante ter conhecimento dos sintomas, bem como dos fatores de risco e dos antecedentes familiares, tanto do lado materno quanto paterno.

incidence_mortality
 
Fato 2: O conhecimento sobre os sinais e sintomas do câncer de ovário poderá permitir que as mulheres recebam um diagnóstico antecipado e que a doença seja tratada mais facilmente.

Se uma mulher sentir com frequência alguns dos sintomas abaixo, é importante falar com seu médico:

• Aumento do volume abdominal / inchaço contínuo (não é o inchaço casual)
• Dificuldade de comer / sensação de plenitude
• Dor abdominal ou pélvica
• Necessidade urgente e frequente de urinar

Se bem que tais sintomas estejam muitas vezes associados com outros problemas mais correntes e menos graves, será sempre melhor investigá-los.

Fato 3: O diagnóstico na fase inicial aumenta bastante a probabilidade de sobrevivência da mulher.

Quando o câncer de ovário é detectado na fase inicial, quando o câncer ainda está confinado ao ovário, até 90% das mulheres têm possibilidade de sobreviver por mais de cinco anos (período de tempo sobre o qual é calculada geralmente a sobrevivência da mulher quando o tratamento oncológico é avaliado). Uma mulher que apresente sintomas indicativos de câncer de ovário deve ser encaminhada diretamente para um especialista para obter um diagnóstico exato. Se ela for diagnosticada com câncer de ovário, a pessoa mais indicada para tratá-la é o ginecologista oncológico, médico especializado no tratamento oncológico em mulheres.
 
Fato 4: O câncer de ovário é muitas vezes diagnosticado em fase tardia.

O câncer de ovário é frequentemente diagnosticado quando já está em fase avançada. Muitas vezes, as mulheres também adiam o momento de procurar ajuda porque pensam que os sintomas são causados pelo período mensal, a menopausa ou algum alimento, ficando confundidas com outros achaques digestivos e correntes. Muitas vezes, os médicos também suspeitam inicialmente que os sintomas apresentados têm causas menos graves. Todavia, a frequência dos sintomas deverá ajudá-los a levar em consideração o câncer de ovário. Por isso, é útil fazer um diário dos sintomas.
 
Fato 5: Muitas mulheres acreditam erradamente que o teste do esfregaço cervical

(Papanicolaou) detecta o câncer de ovário. Não é assim. Ele detecta alterações pré-cancerosas nas células do colo do útero, cujo tratamento tem muito mais sucesso do que o câncer de ovário.